Google+

Estratégias para produzir um bom vídeo para sua empresa

Muito antes da internet e das mídias sociais, os vídeos já nos permitiam compartilhar ideias, divulgar informações e promover produtos ou tendências. Agora, com um mundo conectado, é possível atingir um número muito maior de espectadores. Para aproveitar melhor essas possibilidades e para destacar-se dos concorrentes, é necessário seguir alguns passos para obter sucesso com o seu projeto.

Etapas para produzir um bom vídeo

Defina o target do seu vídeo

produzir um bom vídeo

Antes de produzir o vídeo, identifique os hábitos e preferências do seu público.

Começar qualquer campanha de marketing sem conhecer o seu público é o mesmo que dar um tiro no escuro. Além de dados demográficos, é preciso estar informado sobre seus hábitos, preferências e comportamento. Por exemplo, se a sua empresa fabrica produtos para um público jovem, imagine que ele está acostumado a uma linguagem mais ágil e que possivelmente verá o seu vídeo em um smartphone. Isso já implica algumas mudanças no formato do vídeo e na forma que o som e os itens gráficos vão ser produzidos.

Algumas ferramentas podem ajudá-lo a obter mais detalhes sobre os perfis que você quer impactar, como as mídias sociais, pesquisas de mercado e benchmarking. Com os insights das redes sociais, por exemplo, você pode saber a faixa etária dos seus seguidores, o sexo, onde moram, etc.

Caso o vídeo seja voltado para o público interno, você pode contar com o fato dos espectadores já terem informações básicas sobre o que vai ser apresentado, diferente dos vídeos para um público amplo, que ainda não conhece o seu negócio, geralmente esses precisam de uma introdução mais detalhada.

Quanto mais informações coletadas, maior a chance de desenvolver um vídeo eficaz. Por isso, qualquer informação pode ser relevante.

Identifique o tipo de vídeo mais eficaz para sua empresa

produzir um bom vídeo

Quanto mais informações, maior a chance de desenvolver um vídeo eficaz.

Com foco no seu público-alvo e sabendo seus hábitos e preferências, avalie o tipo mais efetivo para comunicar a sua ideia. Neste momento, é possível considerar os dispositivos que serão usados para ter acesso ao vídeo, se ele será público ou apenas para determinadas pessoas, etc. Por exemplo, se a sua empresa oferece ferramentas online para empreendedores, considere trabalhar com vídeos tutoriais curtos explicando todos os recursos e facilidades dos seus produtos.

É possível, também, considerar os formatos de vídeo, entre técnicos e artísticos, que funcionariam com o tipo de vídeo que você quer apresentar. Às vezes, o mais assertivo para o seu público pode ter um apelo visual maior e menos texto, ou pode ser uma locução com voz em off, etc. Para se aprofundar mais neste tópico, recomendamos a leitura da matéria Tipos de vídeos para vender o seu negócio na era dos smartphones.

Defina a estratégia de divulgação

estratégia de divulgação

Defina uma estratégia para as redes sociais. Acompanhe os números.

Muitas pessoas pensam que a produção de vídeo institucional acaba quando ele sobe no YouTube ou na plataforma onde será divulgado, mas este é um equívoco grave. O vídeo é um projeto com alta capacidade de impacto, por isso, deve ser trabalhado igualmente em todo o processo: concepção, produção, divulgação e repercussão. Você pode fazer uma campanha com teasers ou ads nas redes sociais e plataformas de busca, além de deixar o link embedado na sua página e nas páginas parceiras. É necessário pensar em todas as possibilidades, pois criar uma campanha de vídeo que não atinge o público-alvo é desperdício de tempo e dinheiro.

Pesquise o custo de divulgação nas principais plataformas. Por exemplo, se você está em dúvida entre divulgar na TV ou somente na internet, é importante considerar que subir um vídeo no YouTube é grátis, você só gastará dinheiro na divulgação quando fizer ads, tanto nas redes sociais quanto nas outras plataformas de mídia. Já na TV, qualquer inserção é paga, muitas vezes custando um valor alto. Vale a pena? Caso a resposta seja sim, então a edição do conteúdo do vídeo deve ser baseada nisso.

Outra coisa é a forma de consumir: um vídeo na internet pode ser assistido várias vezes, enquanto um vídeo na televisão só passa em determinadas horas. Por isso, vale repetir as informações mais importantes – coisa que pode deixar os espectadores na internet entediados.

Se você não estiver muita experiência com as possibilidades de divulgação, a própria produtora, quando competente, pode ajudar nesta questão. Também é importante lembrar da imprensa, que divulga, por diversas vezes, vídeo cases, campanhas de marketing e cursos online, só para citar alguns formatos.

Produzir um bom vídeo: dicas para não se sair mal

– Antes de trabalhar na produção de vídeo institucional, lembre-se que ter um conceito e objetivo definidos é fundamental. Mudanças de ideia que ocorrem depois de iniciar o trabalho podem ser muito caras. Além dos equipamentos, é preciso pensar em locações, número de profissionais e tempo de produção. Tudo isso também tem um custo e, caso seu budget não os cubra, é melhor avaliar outra estratégia.

– Uma campanha de vídeo mal feita pode trazer um impacto negativo para a imagem da empresa, com o risco de virar piada ou sofrer com outros tipos de consequências negativas, além de não ter o retorno que esperava com o projeto.

– Foque bastante na divulgação do vídeo, faça por merecer todos os esforços do briefing, roteiro, produção, pós-produção, etc. As pessoas precisam ver esse material, comentar, compartilhar, enfim, fazer valer tudo que foi investido até aquele momento.

– Timing é tudo! Sempre tenha em mente o melhor momento para divulgação do seu vídeo. Por exemplo, se você fabrica produtos para carros, pense em aproveitar a abertura da temporada da Formula 1 para entrar em contato com os seus clientes aficionados. Ou, se você está fazendo o lançamento de uma máquina em uma feira, considere divulgar o evento ao vivo nas redes sociais. Caso registre a ação, mas demore para lançar o vídeo, você pode estar perdendo uma excelente oportunidade de divulgação orgânica. As pessoas gostam de ter a chance de prolongar sua experiência com algo interessante, levando isso em conta, quanto antes elas tiverem acesso aos vídeos, como este do exemplo, maior a chance delas divulgarem isso voluntariamente nas suas redes sociais.

Tenha profissionais de confiança na produção do seu vídeo

Uma campanha de vídeo bem sucedida precisa de uma produtora de vídeo de qualidade fazendo as etapas competentemente. Nada melhor do que se tornar referência em uma área, não é mesmo?

Tendo em mente como usar as estratégias, definindo o público, o formato e a divulgação, todas as informações devem ser passadas em forma de briefing para a produtora de vídeo. Conte com uma empresa experiente, como a Ludovic e atinja o melhor resultado.

Saiba mais

Leia: O poder dos vídeos institucionais
Leia: Video case: casos de sucesso merecem a primeira página
Leia: Os benefícios de usar vídeos em landing pages
Leia: Use o vídeo para fechar novos negócios e conquistar novos clientes

Copyright © Ludovic Produções. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo deste site.