Google+

Como usar vídeos para melhorar o SEO

Como usar vídeos para melhorar o SEO

SEO é uma ferramenta fundamental para a divulgação do seu negócio na web. Mesmo o vídeo mais bem produzido precisa ser encontrado com ajuda do SEO. A otimização para dispositivos de busca é uma das partes mais importantes da divulgação online. Para que o seu vídeo fique bem ranqueado na internet, não esqueça de seguir alguns passos:

  • Integração dos vídeos: o vídeo é uma parte do conteúdo do seu site. Ele ajuda a qualificar o site, ao enviar sinais aos mecanismos de pesquisa que sua página contém um tipo de mídia relevante. Espera-se que os sites de busca continuarão a aumentar o fator de classificação nos resultados da busca por conta do vídeo estar lá e, conforme mais pessoas assistem, melhor fica a posição do seu site.
  • Tags e palavras-chave: forneça mais informações aos mecanismos de pesquisa para ajudar a identificar seus vídeos como relevantes. Assim como você rotularia imagens e gráficos. Incluir palavras-chaves otimizadas em campos usados para descrever seu vídeo (em títulos, nomes de arquivo, descrições e tags). Isso garante que a relevância do seu vídeo para os resultados de pesquisa seja clara nos mecanismos de pesquisa.
  • Transcrição dos vídeos: incluir uma transcrição da parte de áudio do seu vídeo melhora a sua capacidade de detecção e acrescenta mais relevância nas pesquisas.
  • Sitemap dos vídeos: sitemaps são uma extensão do vídeo para o mapa do site geral de seu endereço na web. Os metadados que podem ser personalizados incluem duração, classificação, contagem de visualizações, adequação da idade, se o vídeo pode ser incorporado e outras informações úteis. Esse tipo de dado é incluso no código da sua página.
  • Coloque seu vídeo no YouTube: o YouTube é, por si só, o segundo maior site de busca em número de consultas de pesquisa. Além disso, ele pertence ao Google. Enquanto alguns sugerem a hospedagem de seu vídeo em seu próprio site para fins de SEO, tem de se levar em conta os resultados de pesquisa universal. Os vídeos vêm amarrados com marcas de grande nome ou vinculados a sites de editores como YouTube, Facebook ou grandes portais. Para pequenas empresas locais, a exposição no YouTube desencadeia ações e é, provavelmente, a sua melhor aposta. Você também não corre o risco do site ter problemas em carregar arquivos pesados de vídeo.
  • Otimizar vídeos para o tempo de carregamento: o Google considera o desempenho da página em seu algoritmo. O tempo de carregamento da página afeta a experiência do usuário, o que significa que afeta o SEO. E os usuários recuam de sites lentos – 57% dos usuários em dispositivos móveis abandonam o site após três segundos de espera, de acordo com a Radware. Mais uma razão para deixar o seu vídeo hospedado no YouTube.

VEJA TAMBÉM: Invista na divulgação da sua empresa no YouTube

SEO: compartilhe seus vídeos na web

Crie um canal do YouTube e insira seu site no perfil do seu canal. Também insira o link do seu site na descrição do vídeo. Espalhe o link nas redes sociais. Tente ao máximo para que a sua página tenha referências em outros sites e páginas pessoais. Isso aumentará a probabilidade de seu vídeo ser encontrado e direcionar o tráfego para seu site.

Quer começar já a investir em vídeos e aumentar ainda mais a relevância do seu site? Fale com a Ludovic e encontre a solução que você precisa para os seus negócios.

RECOMENDADO PARA VOCÊ:
Artigo do Search Engine Watch traz mais dicas para você melhorar seus rankings de pesquisa (conteúdo em inglês)
Video marketing: um conteúdo valioso para 2017
Negócios locais também podem investir em vídeos