Google+

A revolução digital e a popularização dos documentários

Os documentários estão em alta e ganharam o gosto das pessoas. Essa popularização do gênero se deve principalmente à entrada das novas tecnologias digitais nas áreas de produção e distribuição.

Documentários filmados com a RED, uma pequena giganteA produção de documentários nunca foi tão grande quanto na atualidade. Esse fato está intrinsicamente ligado às facilidades oferecidas pelos novos equipamentos. Filmadoras profissionais menores e mais leves, em full HD e até ultra HD. A popularização das DSLRs e das actions câmeras, como a GoPro. O uso de sistemas de estabilização em câmeras e drones. E até mesmo os smartphones, com câmeras e softwares superiores.

É o caso da série Planet Earth II, produzida pela BBC, que usou filmadoras com ultradefinição relativamente pequenas (como a RED e a ARRI AMIRA), drone e gimbal (estabilizador de imagem), entre outros dispositivos. Dois destaques dessa série deslumbrante são o motion de suas imagens e as perspectivas inusitadas, possíveis somente pela evolução tecnológica do setor audiovisual.

Documentários com “cara” de cinema

A emissora inglesa sempre se destacou na produção de documentáriosA série da BBC é um excelente exemplo do alto padrão dos documentários, que cativam o público por sua abordagem cinematográfica tanto na execução quanto na narrativa. O documentário ganhou “movimento”, deixou de ser um gênero estático, que tinha por característica o uso do tripé e das câmeras tremidas (sem uso de estabilizadores).

Os novos meios de distribuição contribuíram também para a popularização do gênero. Os documentários não estão somente na TV e no cinema, eles invadiram as plataformas de compartilhamento de vídeo, como o YouTube. Além de estarem disponíveis também on demand em meios como a Netflix, que tem assumido um papel importante na distribuição de novos documentários.

O documentário A 13ª Emenda (2016) teve distribuição internacional pela Netflix

A HBO tem investido cada vez mais na produção de documentáriosEssa facilidade na produção e distribuição de conteúdo tem impactado principalmente as pessoas que procuram outras fontes de informação, além dos veículos tradicionais, como os jornais e revistas impressas.

Os documentários apresentam novas perspectivas

Cries From Syria (2017), produzido pela HBO Documentary Films, é um bom exemplo de uso de imagens gravadas com câmeras e dispositivos menores, que possibilitam o registro imediato de realidades desconhecidas para o público.

Os documentários precisam envolver o público

As novas tecnologias digitais permitem que mais histórias sejam contadas. Mesmo com as facilidades tecnológicas, uma coisa permanece inalterada: a importância de uma boa história. Os documentários precisam despertar o interesse do público, sobretudo em um mundo saturado por imagens sem relevância.

RECOMENDADO PARA VOCÊ:
— Assista ao documentário A 13ª Emenda (2016), dirigido por Ava DuVernay. O filme foi indicado ao Oscar de melhor longa documental e vencedor do prêmio BAFTA
— Visite o site do documentário Planet Earth II